O ThetaHealing é uma técnica muito poderosa de cura. Utiliza o conceito da física quântica na prática para desbloquear traumas, transformar crenças, promover limpeza energética e harmonizar os chacras.

A proposta dele é chegar a ondas de alta vibração (theta) e acessar o inconsciente da pessoa. Segundo a terapeuta Rita Mesquita, do Kurma, a nossa capacidade de consciência é de apenas 12%. O resto é inconsciente. “Por meio da meditação guiada, é possível trazer à consciência aquilo que precisa ser trabalhado e, a partir daí, iniciar um processo de cura”, explica.   Quando a pessoa acessa o estado theta, são realizadas perguntas que conduzem o processo terapêutico. “Aplico uma técnica do ThetaHealing chamada ‘dig’. Vou cavando por meio de perguntas até chegar na crença raiz. Ou seja, na crença que sustenta o estado em que a pessoa se encontra e que pode estar limitando-a em algum aspecto”, explica a terapeuta. “É uma tarefa que precisa ser realizada com conhecimento e cautela, pois pode acontecer do terapeuta limpar uma crença negativa e substituir por outra positiva, mas não ser a crença raiz. Para um trabalho completo, é preciso chegar até ela”, completa.

Rita diz que na sessão é possível fazer o que ela chama de downloads. “Existem pessoas, por exemplo, que nunca sentiram o amor de pai e mãe. É possível, assim, fazer alguns downloads para que elas possam vivenciar e reconhecer esse amor. Faço um trabalho de enviar amor incondicional desde o ventre da mãe”, explica a terapeuta.

Os resultados dessa terapia são expansão de consciência, bem como alívio de dores e tensões e curas energéticas.