Existem várias formas de meditação, em grupo ou individuais. Há os que entoam mantras e os que ficam quietos. Medita-se de olhos abertos ou fechados, em frente a uma vela acesa, com a visão fixada na chama, ou apenas concentrado em um lugar silencioso.
O que se tenta alcançar é a quietude da mente e um caminho muito eficiente para isso é se voltar para a respiração, contá-la e inspirar e expirar suave e profundamente. O importante é criar uma rotina e dedicar-se de meia hora a uma hora por dia.

Com o tempo, você vai ganhar mais paz para si e para aqueles ao seu redor.

Tipos de meditação

Zazen
Sentado, com os olhos entreabertos, você é orientado a esvaziar o pulmão três vezes, perceber seu corpo, a respiração, as tensões, os batimentos cardíacos, assim como o ambiente externo. Não há esforço para não pensar. Basta observar como os pensamentos se formam e se desfazem.

Vipassana
Defende que a mente é como um lago de águas agitadas. Para acalmá-la e enxergar a luz do fundo à superfície, a técnica utiliza apenas a respiração. O praticante deve ficar extremamente atento à inspiração e expiração, até alcançar a plena consciência no momento presente.

Ativa
Se você acha que permanecer sentado em silêncio ou recitando um mantra parece tedioso, tente a meditação ativa. Nela o aluno dança, realiza movimentos livres, respira profundamente e até grita. A ideia é dar liberdade ao corpo até que ele se aproxime de um estado de transe.

Sahaj Samadhi
Durante a sessão guiada, você é levado a perceber cada parte do corpo, a respiração e os ruídos externos até atingir um estado de relaxamento corporal. Depois, recebe um mantra (combinação de sons considerados sagrados) que é repetido ininterruptamente até atingir um grau de relaxamento profundo.

Transcendental
Para praticar você só precisa de 20 minutos sentado (em uma cadeira, no chão ou até no avião), com os olhos fechados, em silêncio e recitando um mantra para mentalizar. A técnica não tem relação com religião, filosofia ou estilo de vida. Em um curso de uma semana você aprende e pode fazer sozinho.

Budista

Sentado em uma postura confortável, com a coluna ereta, um professor guia você através do relaxamento. Na sequência ele transmitirá verbalmente algum ensinamento de Buda, que será o objeto de meditação. A meta é aprender o ensinamento de forma profunda e completa.

O que meditação pode fazer por você?

Meditar é um exercício que você não faz com o corpo, e sim com os seus pensamentos. Você medita quando fica bem quietinho em um local calmo, sem qualquer barulho e não pensa em nada. Nada mesmo. Quando você medita, sua cabeça e seu corpo ficam mais saudáveis.

Depressão:  Reduz as chances de novos episódios de depressão, evitando recaídas.

Problemas gastrintestinais:  Alivia os sintomas de dor, prisão de ventre e diarreia em pacientes com síndrome do intestino irritável.

Ansiedade: Ameniza sintomas de ansiedade e pânico e ajuda a manter o estresse sob controle.

Hipertensão: Diminui a pressão sanguínea, desobstruindo as artérias.

Dor crônica: Aumenta o autocontrole.

Hiperatividade: Crianças ficam mais atentas, menos impulsivas e melhoram o comportamento hiperativo.